A chegada de uma nova onda de calor está sendo monitorada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com alertas emitidos para diversas cidades em seis estados brasileiros. Esta onda de calor, classificada como de perigo pelo Inmet, pode trazer temperaturas até 5ºC acima da média, representando riscos à saúde da população. Neste blog, vamos explorar os detalhes desse alerta, suas implicações e como se preparar para enfrentar o calor intenso.

Alerta do Inmet

O alerta laranja, indicativo de perigo, foi emitido para quase 700 cidades em seis estados brasileiros. As regiões afetadas são:

  • São Paulo: 373 cidades;
  • Paraná: 155 cidades;
  • Mata Grosso do Sul: 79 cidades;
  • Mato Grosso: 45 cidades;
  • Minas Gerais: 22 cidades;
  • Goiás: 21 cidades.

Este alerta permanecerá em vigor desde a noite deste sábado (27/04) até a próxima quarta-feira (01/05), prevendo temperaturas acima da média por um período de três a cinco dias.

Impacto da Onda de Calor:

Esta será a quarta onda de calor a afetar o Brasil apenas este ano, evidenciando os extremos climáticos que têm sido observado globalmente. As altas temperaturas representam riscos para a saúde da população, especialmente para grupos mais vulneráveis, como idosos, crianças e pessoas com problemas de saúde pré-existentes.

Preparação e Cuidados:

Diante da iminência da onda de calor, é essencial que a população adote medidas para se proteger. Algumas dicas importantes incluem:

  • Hidratação: Mantenha-se hidratado, bebendo bastante água ao longo do dia.
  • Proteção Solar: Use protetor solar e evite a exposição direta ao sol durante os períodos mais quentes do dia.
  • Vestuário Adequado: Opte por roupas leves, de cores claras e tecidos respiráveis.
  • Ambiente Fresco: Procure permanecer em locais frescos e bem ventilados, evitando ambientes abafados.
  • Atenção à Saúde: Esteja atento aos sinais de exaustão pelo calor, como tonturas, náuseas e dor de cabeça, e procure ajuda médica se necessário.

Conclusão

A onda de calor iminente, alertada pelo Inmet, requer atenção e cuidados por parte da população para garantir o bem-estar e a segurança de todos. Ao seguir as medidas preventivas e se preparar adequadamente, é possível enfrentar o calor intenso de forma mais segura e minimizar os impactos negativos na saúde.